Pesquisar este blog

sábado, 25 de dezembro de 2021

Saturno na casa III

 Silencioso e duro, misterioso e calmo...

frio como um mármore,

mais real que a paredes de túmulo,

contudo verdadeiro.

Eu já quis falar, 

você nunca quis ouvir,

não quero mais falar

e você continua não querendo ouvir.

Mas o meu silêncio dá calafrios em sua espinha.

Quem está comigo, quem não compartilhar o meu mundo mais secreto

fica temeroso diante do meu silêncio.


Não quero causar calafrios e desconfortos,

mas se o meu silêncio causa essas suspeitas

também não me importo.

Já passou o meu tempo de falar,

já passou o seu tempo de ouvir;

agora só digo o que é necessário e essência.

Quem quiser jogar conversa fora que procure outro... 

 

J.Nunes 

Nenhum comentário:

Postar um comentário