Pesquisar este blog

domingo, 28 de novembro de 2021

Espírito Vaporoso

Comecei por querendo ser,

por fim, comecei outro caminho depois de deixar de ser,

ou de ter qualquer missão no mundo.

Sou aquele que é e está por vir a ser a cada instante.

Um outro caminho sempre começa depois que deixamos de ser.

Digo SER por falta de palavra 

para essa inconstância de existir feito nuvens no céu. 

Essa existência de tentar ser

para sempre descobrir que nunca se é

qualquer autoafirmação que se faça de si. 

O SER está muito além de existir no mundo 

e ter um espírito vaporoso.  


Mesmo que os objetos não saibam,

nem sabem que ensinam

devemos aprender com eles,

a melhor lição dos objetos é o silêncio de existir,

outra lição dos objetos é que eles estão onde estão

e isso é tudo.

Os objetos não possuem mentes que transportam 

suas consciências para outros lugares,

mesmo que os objetos estão em um lugar e em silêncio, 

e nem mesmo sabem que estão ou que existam,

temos que aprender com eles estar e silenciar.


Os homens civilizados são obedientes e educados

em contrapartida e em comum acordo,

é um combinado de convivência...

Depois que o homem aprende como os objetos, 

Deveria ser natural para ele que encontre o seu Ser

e se torne obediente apenas a seu pai interno.


A cultura dos homens são nossas obediências aos homens,

portanto, se precisamos dessa obediência,

então devemos procurar a sabedoria dos homens 

que estão segundo a vontade de Deus.


J.Nunes  

Nenhum comentário:

Postar um comentário