Pesquisar este blog

Poesia e letras

 sábado, 22 de junho de 2019

Resto de vinho na taça

Resultado de imagem para vinho na taça

Resto de vinho na taça

Beba o resto de vinho na taça
E sai satisfeito...

Já sei... vai dizer que se enganou,
Que pensou que era amor...
Com outras pessoas foi assim,
Dá outra vez foi assim,
Vai dizer que foi só uma noite,
Que não foi muito mais que um beijo...
Pra você é tão fácil por um fim;
Basta vestir a roupa e tomar 
O resto de vinho deixado na taça,
Bater a porta como se eu fosse uma puta.

Não vai ter coragem de confessar
Que foi apenas desejo...
Vai dizer que foi muito mais,
Vai querer colocar palavras bonitas
No lugar do que você fez 
Para esconder os seus desejos.

Você foi caçador e eu caça,
Mas pode ter certeza...
Que o tempo não perdoa,
Não lhe desejo nem um mal,
Mas, do jeito que você faz
Com quem gosta de você
Só te restará noites vazias,
Medo e solidão nesse quarto
Assombrado pelos seus fantasmas. 

Não desperdice palavras,
Eu que não quero mais,
Foi tolice me deixar levar
Por uma pessoa sem nada por dentro,
Tudo bem, beba o resto de vinho na taça,
E sai da minha frente de uma vez por todas. 


José Nunes Pereira

quinta-feira, 13 de junho de 2019

Disfarce

Na primeira vez eu quase enlouqueci,
Por muito pouco não fui enganado...
Quase joguei tudo pro ar,
Quase me entreguei,
Cai no seu jogo,
Agora eu sei que essa confusão  de desejos
Vai passar, eu só preciso me afastar,
Eu só preciso parar pra pensar
Em tudo que eu vou perder,
Em tudo que esse fogo vai queimar.

O desejo usa esse disfarce,
Talvez o que eu chamo de amor
Seja apenas uma direção
Para  o fogo da paixão,
Ardendo em minha pele.

Esse fogo pode se acender
Onde e quando tudo estiver calmo
E pode incendiar tudo a minha volta.
Você pode ser uma tentação,
Mas sou eu que me incendeio
Com meu próprio fogo incontido,
Queria viver em paz feito a vida
Em volta de um vulcão adormecido.

Eu não sei o que é amor,
Mas sei muito bem o que é o fogo da paixão
Que me enganou tantas vezes
E me entreguei pensando que era amor...

J.Nunes

quinta-feira, 2 de maio de 2019

Banda As Tietes do Roberto




Banda As Tietes do Roberto

Chegou na cidade uma nova Banda:
As Tietes do Roberto,
Pensei que sairia da Kombi azul turquesa
Algumas senhoras roqueiras...
Para minha surpresa estava ao volante uma tigresa
Acompanhada por outras meninas tão perigosas
E feiticeiras quando a vocalista
Com voz de sereia.
O som das Tietes do Roberto vai na veia,
É teia coisa de Spider Girl,
É Pop Rock misturado com tudo que há de bom
Corre nas ondas do Rádio,
Aparece nos canais de Tv,
Está nas paradas de sucesso,
Elas não precisam de apelação,
Basta tocar a guitarra e cantar o refrão:
É Pop Rock misturado com tudo que há de bom,
Para quem sabe ouvir o silêncio
Entre uma nota e outra
Uma gota, o vento e a noite faz o som.
J.Nunes

terça-feira, 23 de abril de 2019

Alguém já me ganhou...

O que você perdeu aqui
Para vir procurar,
Saiba que você me perdeu,
Alguém já me ganhou...
Sem precisar fazer promessas,
Nem contar as suas mentiras...

Você tem que saber que perdeu,
No amor não há revanche,
Você já teve a sua segunda chance...
Eu já te perdoei,
Não sou de guardar rancor,
Não carrego peso morto,
Agora saia de cena,
Deixe a festa...

O que você perdeu aqui
Para vir procurar,
Saiba que você perdeu,
Deixe a festa,
Deixe a dança,
Me esqueça, alguém já me ganhou,
Com um olhar apaixonado,
Uma conversa interessante
E com um abraço aconchegante.

Me deixe dançar
Nos braços do meu conquistador
Você já me perdeu, errou os passos,
Você não sabe viver o amor.

José Nunes Pereira 


domingo, 7 de abril de 2019

Vamos mudar de assunto...


Disco de vinil Riscado 

O mundo só fala a mesma coisa,
Parece que vivemos em uma aldeia global,
Eu quero encontrar uma pessoa que fale
De coisas que não estão na pauta mundial.

Aqui uns só falam mal desse governo,
Outros tentam defender quem está no Poder,
E ainda tem outros
Que dizem que houve tempos melhores.

Eu procuro alguém que olha tudo isso
De um novo ângulo,
Alguém que conhece a terceira via,
Uma outra explicação
Que não seja a convencional,
Que não seja sistemas políticos...

Queriam encontrar um amigo,
Que saiba dizer coisas
Que não estão na pauta do mundo,
Que não seja a repetição desses discursos
Cansativos feito disco de vinil riscado....
Feito um papagaio politizado.

Uma fraternidade
Que sabe falar de coisa quânticas,
Espiritualidade transcendental,
Filosofia muito além do Bem e do Mal. 

Gostaria que meu mundo voltasse a ser o meu quintal,
Com balanço a sombra da mangueiras,
E conversas de gente grande
Sobre a nossa igrejinha da ladeira
E de nossa comunidade ribeira.

José Nunes Pereira

sexta-feira, 5 de abril de 2019

Desculpe, foi engano!

Esperei a vida inteira por um sinal,
Qualquer coisa que me permitisse
Aproximar de você,
Por diversas vezes tentei puxar conversa,
Falei do tempo frio
E das chuvas de janeiro,
Perguntei as horas...
E até o nome seu cachorro,
Ela até me pediu um favor,
E me ofereceu uma bala de hortelã,
Mas nada que me desse um sinal;
Eu nunca confundi sua gentileza e simpatia
Com um interesse, algo mais...

Esperei um sinal
Um dia ela ligou para minha casa,
Reconheci sua voz de anjo,
A sua pronuncia perfeita em cada palavra
E a calmaria  no som doce de sua voz.

Ela disse, com uma elegância que me deixou
Ainda mais perdido:
_Desculpe, foi engano!
Eu disse para mim mesmo,
Como assim, a tanto também espero um sinal.
O que eu posso fazer e deligar o telefone
E dizer que realmente foi engano!

J.Nunes

domingo, 24 de fevereiro de 2019

Dança ao som do silêncio

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Zelador da casa de Deus



Zelador da casa de Deus

Estou a porta de sua casa
Não sou merecedor de entrar na sua morada.
Espero que me diga o que fazer.
Quando eu ouvir sua voz de comando
Serei o seu servidor mais fiel.

Sou apenas uma criança
Querendo ajudar nos serviços de sua casa,
Sou pequeno e tenho pouca força,
Mas eu posso fazer algumas coisas:
Posso varrer o chão de sua casa,
Posso molhar o jardim
E tirar a poeira das cadeiras.

Meu pai, eu sei que na tua morada
Há muitos homens importantes:
Doutores, sacerdotes e homens de ciência;
Eu sou apenas uma criança,
Mas posso servir na sua casa,
Aprender com os grandes de sua morada.

Senhor, estou a sua porta
Me deixe ser um zelador em sua casa,
Me dê um trabalho,
Mesmo que seja varrer a calçada aqui fora.

Me dê um serviço que seja vergonhoso
Aos grandes homens de sua casa
Me deixe ser um aprendiz
Do ofício de ser um servidor na sua morada.
J.Nunes

domingo, 17 de fevereiro de 2019

El flagelo de Dios


El flagelo de Dios

Yo quise huir de mi destino
El Señor del Tiempo
Cruzó mi camino
Y me dijo furioso
Regrese y cumpla su obligación
Hazlo todo con amor y pasión
No vaya  esconderse
Hecho un animal asustado
Yo soy el Señor del Destino
Y sé cuándo es el tiempo de la cosecha

Desde entonces  estoy
Igual al dios feo
Trabajando en el cráter del volcán
Estoy forjando espadas y escudos
Lanzas y arcos de flecha

En la hora adecuada
Saldré de esa caverna oscura
Seré el guerrero marciano
Más despiadado que Atila
El flagelo de Dios.

Compositor: J.Nunez


segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Fim de Caso

Tudo bem,
Concordo que você não prometeu
Que era para sempre...
Mas  também não disse que era
Só mais essa noite..

O que importa
É que eu não pude evitar me apaixonar,
Sonhar e querer muito mais do que você
Esta disposto a viver comigo.

Você diz que depois dessa noite
Não teremos mais um caso,
Mas não me perguntou
Se quero ser apenas seu amigo.

Se é tão fácil me esquecer,
Se eu sou tão desprezível
Então me esqueça de uma vez,
Não sou seu amigo, e muito menos
Seu caso passageiro...

Pode me colocar na sua lista
De amor por uma noite,
De pessoas que você feriu
Com sua vaidade...

Mas fica avisado,
Quando você precisar de um amor,
Só encontrará o desprezo e a solidão...

J.Nunes 




domingo, 10 de fevereiro de 2019

Me Cuente Su Historia

Me Cuente Su Historia 

José Nunes 

 Me cuente su historia 
Que hago de ella una canción de amor 
Me hable de sus dolores, 
Que tampoco todo fue flores 
Y de los días felices 

 Me cuente su historia 
Que hago de ella una canción de esperanza 
Me hable de sus miedos 
De tus secretos 
Me dice lo que aflige su corazón

 Me cuente su historia 
Que hago de ella una canción fe 
Hable lo que oyó de otra boca 
Con lo que vi en las calles 
Siento dolores y alegrías 
Que no son mías 
Y hago de ellas una canción de amor y fe 

 Lo que usted no sabe 
Es que sentí sus dolores 
Sus momentos felices 
Y escribí una de esas canciones 
De esperanza, amor y fe 


 Compositor: J.Nunes LETRA ENVIADA POR J.NUNES


Me Conte a Sua História

José Nunes

Me conte a sua história Que eu faço dela uma canção de amor Me fale de suas dores Que nem tudo foi flores E dos dias felizes Me conte a sua história Que eu faço dela uma canção de esperança Me fale dos seus medos Dos teus segredos Me diz o que aflige o seu coração Me conte a sua história Que faço dela uma canção fé Me fale o que ouviu de outra boca Com o que vi nas ruas Sinto dores e alegrias Que não são minhas E faço delas uma canção de amor e fé O que você não sabe É que senti as suas dores Os seus momentos felizes E escrevi uma dessas canções De esperança, amor e fé
Compositor: J.Nunes

sábado, 9 de fevereiro de 2019

LETRAS E MÚSICAS - JOSÉ NUNES PEREIRA





O flagelo de Deus

Eu quis fugir no meu destino
O Senhor do Tempo
Cruzou o meu caminho,
E me disse furioso;
_Volta e cumpra a sua obrigação,
Faça tudo com amor e paixão...
Não vá se esconder
Feito um animal assustado,
Eu sou o Senhor do Destino
E sei quando é o tempo da colheita.

Deste então estou
Igual aquele deus feio
Trabalhando na cratera do vulcão,
Estou forjando espadas e escudos
Lanças e arcos de flecha...

Na hora certa
Sairei dessa dessa caverna escura
Serei o guerreiro marciano
Mais impiedoso que Átila
O flagelo de Deus.

José Nunes Pereira


  

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Solo una vez más



Fue intentando ser feliz
Que dejé mi corazón
Creer en el amor
Una vez más
Solo una vez más
Solo una vez más

Tal vez yo sea para alguien
Una suerte que aún no ha llegado
Una razón para creer en el amor
Una esperanza de ser feliz
Feliz en el amor
Feliz en el amor, creer
Una vez más
Una vez más
Solo una vez más
Solo una vez más

Me olvidé de las desilusiones
Dejé la mi vida
Mis heridas
Todavía no cicatrizadas
Apuesté  en el amor
Por creer
Una vez más
Una vez más
Una vez más

J.Nunez 


Seu Nome


Seu Nome

Seu nome é maior que tudo,
Seu sangue vale mais que o mundo,
Sua palavra é mais preciosa que o ouro,
Sua palavra vale mais que o silêncio,
Sua voz ecoa na eternamente no coração dos homens,
Minha boca canta a sua gloria,
Meus pés andam pelo seu caminho,
Minhas mãos trabalharam para ti,
No meu corpo corre o sangue do crucificado.

Seu nome é maior que todas as coisas,
E para que o mundo se cale,
Para que meu corpo entre em sintonia com sua vontade,
Para que eu perdoe os meus devedores,
Para eu compreenda a fraqueza dos homens,
Para a morte do pecado,
Eu só preciso rezar:
Senhor Jesus Cristo, filho do Deus vivo,
Tende piedade de mim pecador,
E lembrar de seu nome; 
Maior que as coisas desse mundo. 

José Nunes

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Frente Fria


Frente Fria

O vento dessa madrugada
Trouxe a frente fria lá do Sul...
E deixou folhas secas na varanda,
O vento muda as coisas de lugar,
Arranja as dunas de outro modo.

Eu sou elemento ar,
Que espalha o fogo,
Revira a terra,
Leva as nuvens para chover em outro lugar
E faz ondas no mar...

Não pense em mim
Muito mais que um dia,
Porque eu lembro muito o vento,
Que ajuda as folhas nos cantos,
E vai embora levando outras coisas...

Não perca seu tempo esperando por mim,
Esperando qualquer coisa,
O tempo é igual ao vento,
Eles sempre levam e trazem,
Mas nunca é o mesmo vento...

José Nunes Pereira  

domingo, 3 de fevereiro de 2019

Nem verdade, nem mentira


Nem verdade, nem mentira

Enquanto volto para casa;
No caminho penso em uma desculpa,
Que justifique eu ter chegado
Tarde em casa outra vez.

Pensei em abrir o jogo,
Falar à verdade;
Que eu ainda não me acostumei
Com a vida de homem casado,
Não consigo deixar o bar
Depois do trabalho
E o futebol na Quarta com os amigos.

Pensando bem...,
Ela não vai entender,
Vai dizer que sou egoísta,
Vai querer sair com suas amigas,
Vai justificar os seus erros...

Fiquei inseguro, e achei melhor
Dizer que precisei ficar até
Mais tarde no trabalho.

Quando entrei em casa
Não precisei falar
Nem verdade e nem mentiras,
Porque ela não estava lá,
Apenas um bilhete
Sobre a mesa da cozinha:

"Eu jantei mais uma vez sozinha,
Me cansei de suas mentiras"

Compositor  J.Nunes

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

A MELHOR PROPOSTA

Deus tem sempre a melhor  proposta para nossas vidas,
Mas o mundo, quando somos jovens, 
Nos propõe sonhos e  ilusões...

Deus tem sempre a melhor  proposta para nossas vidas,
Mas quando somos jovens e belos
O mundo nos propõe a gloria e a fama,
O reconhecimento e a riqueza.

Quando estamos velhos o mundo 
Já não nós propõe mais nada,
E nos abandona, amargos  e desiludidos.

Quem desse mundo,
Ainda nos propõe alguma coisa
Quando somos velho,
É o vendedor de ataúde,
E de coroa de flores para o dia de nossa morte.  

Deus tem sempre a melhor  proposta para nossas vidas:
Virtudes da alma, reino dos céus e vida eterna,
É o que Deus nós propõe desde a nossa primeira respiração,
Mas vem as coisas do mundo
E compra nossa salvação
A preço de enganos e ilusões.

Deus sempre tem as melhores propostas para nossas vidas

José  Nunes Pereira 

segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

Portas fechadas

Encontrei a porta fechada,
O caminho impedido,
A ponte caída no meio da estrada...
Insisti em bater  na porta errada,

Continuei na estrada sem ponte...
Em nem um momento eu perguntei:
Deus o que você quer de mim,
Para que eu faça segundo a sua vontade.

Se a porta não se abre,
Pergunte em oração
Se essa é a porta certa,
Se essa é a vontade de Deus,
Se esse é o plano que ele para  sua vida.

Não passe um vida inteira
Batendo na porta errada,
Caminhando o caminho
Que não é da vontade de Deus.

Se a porta não se abre
Pode ser que seja a porta errada,
Deus sempre sabe qual é o melhor caminho,
Deus sempre tem os melhores planos para sua vida.

Deus o que você quer de mim,
Para que eu faça segundo a sua vontade.


José Nunes Pereira






A MELHOR PROPOSTA


Deus tem sempre a melhor  proposta para nossas vidas,
Mas o mundo, quando somos jovens, 
Nos propõe sonhos e  ilusões...

Deus tem sempre a melhor  proposta para nossas vidas,
Mas quando somos jovens e belos
O mundo nos propõe a gloria e a fama,
O reconhecimento e a riqueza.

Quando estamos velhos o mundo 
Já não nós propõe mais nada,
E nos abandona, amargos  e desiludidos.

Quem desse mundo,
Ainda nos propõe alguma coisa
Quando somos velho,
É o vendedor de ataude,
E de coroa de flores para o dia de nossa morte.  

Deus tem sempre a melhor  proposta para nossas vidas:
Virtudes da alma, reino dos céus e vida eterna,
É o que Deus nós propõe desde a nossa primeira respiração,
Mas vem as coisas do mundo
E compra nossa salvação
A preço de enganos e ilusões.

Deus sempre tem as melhores propostas para nossas vidas

José  Nunes Pereira 

quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Eu não estou sozinho

Quando eu fecho a porta do meu quarto,
Quando eu fico em silêncio,
Nos momentos em que eu quero 
um tempo só para mim;
Eu não estou sozinho...

Nas noites em que o mundo se cala
E eu ouço o som do meu oração,
Esses momentos são de meus segredos com Deus,
São momentos em que eu falo 
O que está em meu coração,
É quando me coloco transparente diante de Deus
Que vê e sabe todas as coisas,
É quando eu confesso meus pecados
Peço perdão com lágrimas nos olhos
Peço como diz na oração:
Senhor Jesus Cristo, filho do Deus vivo,
Tende piedade de mim pecador.

Então me sinto livre 
Dos pensamentos e do pecado
E disposto a caminhar segundo 
Os mandamentos do Pai.

Eu nunca estou sozinho,
Estou sempre acompanhado
Com o espirito de Deus
Que encontro na oração
E na meditação cristã.

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Servo do Rei de Judá

O sopro do espírito de Deus
É que me sustem de pé,
Feito um soldado da fé...
Posso sentir a força do seu amor,
E a luz da sua presença.

Quando estou em sintonia
Com a vontade do Pai,
Sou mais forte que o mundo,
Sou mais forte que o pecado,
Sou capaz de cumprir
Todos os mandamentos de Pai
Sem vacilar na fé.

O sopro do espírito de Deus
É o que me sustem de pé,
Dá  vida ao meu corpo,
Luz a minha alma,
Paz e calma ao meu espírito
Diante das tempestades.

O sopro do espirito de Deus
Me faz mais forte que as seduções
E os sonhos do mundo
Sempre distante da vontade do Pai.

Pela força do espirito de Deus
Me entrego por inteiro
Ao caminho do evangelho de Jesus
O filho de Deus.

O sopro do espírito de Deus
É que me sustem de pé,
Feito um soldado da fé...
Sou o guardião dos seus mandamentos,
Sou um servo do Rei de Judá. 

Um Soldado Solitário



Todos já se entregaram,
Já deixaram suas trincheiras
Outros ficaram bebendo e divertindo nos bordeis na cidade.

Para mim a guerra ainda não terminou,
Estou na floresta entre animais ferozes,
Estou nas ruínas onde o inimigo espreita,
Saio na estrada onde sou presa fácil...
Eu ainda estou armado
E espero o momento certo para o ataque.

A guerra matou o senso de integridade e dignidade humana.
Caminho solitário nessa multidão de gente
E soldados que se entregaram ao inimigo
E aos crimes e pecados da carne,
As mulheres nas portas das casas se oferecem
E oferecem suas filhas sem qualquer pudor.

Atrás desse sol já desponta o segundo sol,
Todos sentirão medo;
Entrarão desesperados nas igrejas
Que prometem a salvação no dia do Julgamento de Final.
Entre as nuvens já despontam as legiões de anjos e demônios,
Os profetas de Deus já estão entre nós.

Eu sou um soldado, para mim a guerra ainda não terminou,
Não tenho amigos, não tenho companheiros de estrada,
Não pertenço a nem um batalhão de soldados,
Não tenho comandante,
Caminho solitário embaixo desses dois sóis
A me torturar dia e noite...

J.Nunes


terça-feira, 22 de janeiro de 2019

O Poeta do Sertão


Eu te amo demais para ir embora;
A caravana já passou nesse deserto,
A revoada já partiu para além desse mar
O vento já soprou à caravela para longe.

Eu não sei ir embora,
Eu não sei pousar em outro lugar
Eu só posso ir se você for comigo,
Faça dos seus braços o meu abrigo.

Os meus versos cantam
O nosso amor e a vida desse lugar,
Feito o vento que sopra em todo canto
E faz música.

Eu te amo demais para ir embora,
Quem sabe Deus se lembra da gente
E manda chuva para encher o rio
E faça a cachoeira cantar
Outra vez lá no fundo de nossa casa,
Quem sabe o vento,
Volte a fazer música nas folhas verdes da mata
A margem do rio.

Eu te amo demais para ir embora.

José Nunes Pereira    

segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

O Eterno Oito


O Eterno Oito

Em alguns momentos na vida
As pessoas se sentem
Feito árvores com seus frutos caídos  no chão,
Porém,  nada é perdido
 O ciclo da vida e da morte sabe tirar proveito de tudo...

Os frutos serão aproveitados pela mãe natureza de algum modo;
 A fruta que é alimento,  a semente que é esperança
De uma nova árvore e um novo fruto.

Olhe embaixo das folhas secas,
E verá quanta vida ali se esconde,
Olhe atrás das casas secas dessa árvore,
E verá o ciclo da vida e da morte.

A vida e a morte caminham em ciclo,
Em algum momento a vida passa o bastão para a morte,
 Logo mais a morte passa o bastão para a vida
Em um ciclo de eternidade.

São números incontáveis de eternos oito
Que se entrelaçam e não se confundem,
A vida e a morte formam o eterno oito.

Os teus frutos não estão perdidos,
De algum modo serão usados pelo ciclo da vida e da morte.

Até mesmo as criaturas mais repugnantes da terra
São aproveitadas dentro do ciclo da vida e da morte.

Quanto mais sublimes são os nossos frutos
Mais perto de Deus estaremos, e ele nos libertará
Da prisão de caminhar sobre esse eterno oito da vida.

José Nunes Pereira
21-01-2019

sábado, 19 de janeiro de 2019

Eu me viro

Eu até que me viro bem
Sem você aqui...
O que eu não sei,
É o que fazer com esse tempo
Que me sobra e que me escapa
Em horas vazias.

Eu até que me viro bem
Sem você aqui..
O que eu não sei
É o que fazer com esses enfeites na estante,
Com esses perfumes
E com essas coisas que pra mim
Não servem para nada.

Eu até que me viro bem
Sem você aqui...
O que eu não sei,
É o que fazer com esses livros,
E essas roupas que ainda tem o seu cheiro.

Eu até que me viro bem
Sem você aqui...
O que eu não sei é o que fazer
Com este vazio no seu lado da cama,
Com essa falta que você faz
Quando volto para casa no fim do dia.

Sem você eu viro de um lado
Para o outro da cama
E não te encontro no meio da noite,
Na hora mais assustadora do meu dia.
Sem você eu vou feito barco sem leme.

Você, por acaso,
Poderia voltar pra mim...
E completar o espaço e o tempo
Que você deixou na minha vida.

José Nunes Pereira

Nenhum comentário:

Postar um comentário