Luz de Abajur



Luz de Abajur 


Daquela vez eu está mal,

daquela vez eu estava perdido,

daquela vez eu não sabia o que queria,

dessa vez eu também estou perdido,

dessa vez eu também não sei o que quero,

mas tanto faz, tudo vira poesia 

no meu quarto a luz de um abajur

que é tudo que ficou.


Não importa que decisão eu tome,

não importa para onde eu vá,

tudo vira poesia,

tanto faz ficar ou partir,

tanto faz falar ou silenciar,

tanto faz rir ou chorar,

no fundo, tudo vira versos nas gavetas...

Nunes 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Movimento Solar

Guerra biológica cibernética

PRESENÇA