O companheiro de caminhada

Resultado de imagem para caminho santiago de compostela

O companheiro de caminhada 

O Juiz julgou minha causa,
Depois me pareceu humilde, natural e espontâneo,
E ainda vestido como um trabalhador braçal.

Atravessei a rua e o mar estava ali,
Onde nunca havia sido mar...
Disse ao amigo:
_ Se você reconhece que este lugar
jamais foi praia e mar,
poderá flutuar para outros planos da consciência.

Flutuamos sobre o mar e nos reconhecemos como amigos
E companheiros do caminho. 
Pedi a ele, que certamente tem mais mérito que eu,
Que chamasse um Mestre do caminho interior.

José Nunes Pereira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Movimento Solar

Guerra biológica cibernética

No diagrama de Venn