Pesquisar este blog

POEGEI Poesia Esotérica Gnóstica Empírica Imparcialista

A Poesia Esotérica gnóstica e a poesia imparcialista do Movimento Literário Imparcialismo têm suas bases no conceito de caminho da unidade e na gnose empírica. A poesia Imparcialista é a leitura do homem contemporâneo sua desvalorização na sociedade atual e sua valorização na espiritualidade e nas virtudes humanas. A poesia Esotérica é a face sagrada é o cosmonírico da literatura imparcialista, é meu coração sincero.
A partir de 2018 a Poesia Imparcialista será integralmente espiritualista.  

J.Nunes

Gnose Empírica

Maldito é o homem que acredita
Que pode por tudo em palavras
Que nascem dos conceitos
Que temos sobre as coisas.

O coração, sem palavras,
Diz o que é vida
Com essas batidas.

Nossa busca espiritual,
Por essa via da gnose empírica,
Pode alcançar
O que não podemos colocar em palavras,
O que não podemos formular com ideias e conceitos.

A poesia imparcialista vai, sem palavras,
As entranhas da gnose
E trás de lá o que pode ser colocado em palavras,
E coloca em palavras,
Porém, só posso ir buscar essas palavras
Pela via do silêncio.

J.Nunes





O SOL INTERIOR

Resultado de imagem para sol interior

Sol Interior 

Eu sai ao sol
O sol não me aqueceu,
Me nega o seu brilho...

Voltei para dentro de mim,
O sol interior sempre está aqui,
E me ilumina intensamente.

Esse sol interior
Crescerá tanto aqui dentro
Que será muito difícil fazer que não vê.

J.Nunes 

Enterrado em pé

Os pensamentos têm suas conversas involuntárias.
Falo com o Mestre, peço a ele um ensinamento,
O Mestre me mostra um menino sujo e abandonado,
Vou até o menino, encontro-o enterrado em pé,
A medida que o menino deixa a cova vertical,
Ele cresce e se torna um rapaz,
Porém sem as mãos para se sustentar
E sem os pés para caminhar,
Percebo que esse rapaz é dependente da compaixão de outros.
Ficou os símbolos de um ensinamento deixado pelo Mestre.

J.Nunes