Erros do destino

Gente não é igual árvore
Que não erra seu fruto,
Assim, como deve ser,
Abacateiro dá abacate,
Mangueira dá manga.

Gente não é assim,
As vezes verdadeiros artistas acabam faxineiros,
As vezes grandes inventores se tornam garçons.

Gente dá frutos errados,
Deve existir uma força maior
Por de trás desses erros do destino.

J.Nunes 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Movimento Solar

Guerra biológica cibernética

PRESENÇA