Poesia esotérica imparcialista




Hefesto

Vulcano, regente esotérico de touro.
É do deus Hefesto a forja,
O poder, a criação, a beleza e a força...

Poeta sobre o signo de touro,
Meu coração morada do deus ferreiro,
Que forja com fogo e açoite de martelo
Minha alma para a consciência
Da mortalidade que me faz humilde
E da perenidade que me faz sublime.

Saturnino Queiros

J.Nunez

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Movimento Solar

Guerra biológica cibernética

PRESENÇA