Pesquisar este blog

sábado, 20 de junho de 2020

Anulação

anulação

Anulação

Focamos tudo que somos em uma direção
feito Búfalos em fuga em bando,
não nos deixamos dispersos
para não correr o risco de sermos presas fáceis,
não nos deixamos dispersos, aprisionamos nos
em um corredor e corremos por inteiro
em uma única direção,
feito animais indo para o abatedouro.

Aprisionados a nós mesmos e os outros,
nos anulamos a nós mesmos e os outros
por medo de se perder na mais completa ausência
de significado, e por fim caímos na mais completa
ausência de significado de colocar se por inteiro
correndo em bando rumo a qualquer coisa
que resultará em ilusão. 


Deixar os pensamentos e tudo que somos correr
dispersos e correndo por todas as direções
e acompanhar com a consciência tudo que somos
é para os corajosos que se desgarram do bando.

A consciência é um leão na captura do que somos,
fazer na consciência uma tocai  contra o si mesmo
é para os guerreiros da alma.

A vida resulta em anulação de si mesmo
e dos outros, porque ela em si mesma é guiada
pelo bando que somos, mas para que não percamos o controle
direcionamos tudo o que somos para um único propósito
que resultará em desilusão porque qualquer propósito que vem
dos muitos que somos é efêmero.

A auto-anulação através do direcionamento de tudo
que somos rumo a um propósito é um medo oculto
de encarar se a si mesmo,
deixar os sentimentos e os pensamentos correrem
dispersos, apartar-se de si mesmo
e acompanhar tudo que somos feito leões na tocaia
é para os corajosos, os rebeldes de espírito.

Somente o leão da consciência
pode livrar nos da anulação de si mesmo,
da fuga em bando e até mesmo da fuga dispersa.

A fuga dispersa de tudo que somos
é também uma forma de prisão na ilusão de sermos livres,
é apenas uma outra forma de fugir de si mesmo
e do leão da consciência.

Nunes 
 
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMPARTILHAR