Pesquisar este blog

terça-feira, 28 de abril de 2020

Postura do homem de oração no mundo exterior

O pai de família que é um homem de oração
e que vive a sua busca espiritual,
vive o conflito de ter que conciliar a vida mística
e a vida de pai e homem de casa.

O homem de oração depois que deixa o estado meditativo
ou de oração, volta a vida comum e aos conflitos do mundo.

Quanto o homem de oração deixa seu ciclo de fé,
seu grupo de pessoas que compartilham a mesma doutrina;
precisa ter uma postura diferente daquela de homem de oração.
Deixar o mundo interior e o grupo ao qual pertencemos,
é realmente muito conflitante.

A postura de homem consciente deve ser muito bem exercitadas
em seus gestos, pensamentos e movimentos,
em suas falas e silêncios.

A postura do homem de oração é naturalmente misteriosa, silenciosa
elegante, educada, perspicaz, intuitiva, atenta, preparada,  honesta e digna;
essa deve ser a imagem que o homem comum e de oração, deve adotar
quando está em relação com o mundo exterior.

A postura do homem exterior nasce no interior,
não existe postura meramente exterior,
chamamos de exterior a postura e o comportamento
do homem de oração quando está se relacionando com a vida comum.

O homem de oração que não sabe viver no mundo exterior
perde sua paz no mundo interior porque vive perturbado
e fugindo da realidade e do compromisso com a vida comum.

Nunes



 

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMPARTILHAR