Pesquisar este blog

sexta-feira, 13 de março de 2020

O ser misterioso

Espero na providência divina,
espero nas correntezas de energias cósmicas,
navego e peço apenas que me leve para um lugar significante,
não sei navegar por conta própria,
e além do mais, as portas dos mistérios estão fechadas.

Rodopio nessa corrente de energia,
sou lançado no ar por esse furação cósmico.
do espaço vejo outro plano,
do espaço me vejo trabalhando em uma máquina;
muito trabalho e pouco resultado.

Quando encontro o chão metafísico
o céu se mostra feito uma tela onde símbolos e signos são projetados,
ao meu lado um homem negro vestido com um quimono roxo claro,
chamo o de meu amigo, mas ele nem se quer me percebe,
estou tão acostumado a ser  ignorado que compreendi que não sou digno
de um olhar ou uma palavra de quem quer que seja.

A mulher e o dragão estão no céu,
o dragão desce pronto para me engolir,
estou arma com um martelo,
mas o dragão se afasta quando bato o pé.

Espero na providência divina,
espero nas correntes cósmicas...
estou esperando o dragão,
estou esperando a noite misteriosa.

Nunes 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMPARTILHAR