Pesquisar este blog

domingo, 19 de janeiro de 2020

O Chamado

Resultado de imagem para caminho entre montanhas

Porque vai chegar um tempo em que os homens não suportarão a sã doutrina, mas, sentiram cócegas nos ouvidos, reunirão em volta de si mestres conforme suas paixões. Timóteo cap 4 ver 3.


O Chamado

É madrugada em minha vida,
Todas as portas estão trancadas,
As luzes das casas se apagaram
E só me resta voltar para a solidão.

Vou caminhar mais um pouco dentro da noite,
Vou resistir mais um pouco em voltar para casa,
E quando a amanhecer, 
A solidão, feito menino desamparado,
Se perderá de mim na multidão.

Quantas vezes amanheceu em minha vida,
Quantas vezes deixei a madrugada,
E me tornei mais um na multidão
Onde eu tentei me abandonar
Igual a qualquer coisa que não sabe que existi.

Mas o fato de me sentir,
Destacava-me a mim mesmo
Como se eu fosse o único a vestir essa pele.

Estou me rendendo feito um boi
Que lentamente se entrega a morte.
Quando eu desisto, escuto o chamado,
Que vem das montanhas silenciosas,
Das profundezas do meu ser,
Das cavernas escuras feito a noite,
Das sensações de existir...

Quanto eu me entrego, escudo o chamado
Que me mostra o único caminho
Que meu ser deseja caminhar,
Então, sinto o silêncio e a solidão,
Que feito à morte, me envolvem em seus braços.

Você que canta, dança, sonha, vive,
Não sabe nada da solidão do caminho
E do chamado para as noites de tormentas,
Para os precipícios da alma,
Para o silêncio e a solidão nas montanhas,
Para os desertos onde uivam cães famintos...
Não sabe que deve deixar o seu primeiro amor...

Nunes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMPARTILHAR