Pesquisar este blog

terça-feira, 2 de julho de 2019

Casualidades

02 - Glenfinnan Viaduct, Scotland


CASUALIDADE

“Não se vendem dois pardais por uma moedinha? Contudo, nenhum deles cai no chão sem o consentimento do Pai de vocês. Até os cabelos da cabeça de vocês estão todos contados. Portanto, não tenham medo; vocês valem mais do que muitos pardais!”   Mateus 10:29-31

Casualidade!?...
Sou mais denso que o aço..
Em outros momentos mais leve que o ar,
Meu coração é profundo demais,
Minha mente é atômica demais,
Meu sangue é muito quente,
Minha alma é romântica demais
Para amizades e amor casuais;
Meus olhos são muito aguçados,
Meu ouvido muito apurado,
Minha voz é muito expressiva,
Meus gestos muito apaixonados,
Minha amizade muito verdadeira,
Meus espírito é um vulcão preste a explodir,
Uma bela flor pronta para desabrochar;
Minhas palavras são sobre medida,
Imparcial como mundo e comigo mesmo,
Meus destino é uma flecha,
Meu mapa astral parece mais 
A composição de uma bomba nuclear...
Meus espírito mais expansivo que o universo, 
Não espere de mim casualidade....
Não nasci para um tempo de acasos.
Somos todos pontes e sinapses de almas e corpos...
Tudo está regido por leis e forças...
Tudo está preso a terra por um fio invisível. 

José Nunes Pereira 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMPARTILHAR