Pesquisar este blog

sábado, 27 de julho de 2019

A razão de ser através do próximo




Buda deixou o Palácio,
Francisco deu seus bens aos pobres,
Muitos homens e mulheres santas
Deixaram a vida de conforto
Para cuidar dos doentes e necessitados...

O amor pela humanidade
Deu a esses irmãos piedosos
A razão de ser através do próximo
Que os fazia muito felizes
Entre os pobres e os doentes.

Negar o trono, a fama e a riqueza,
Sentir se desconfortável no conforto
Quanto sente e vê o sofrimento
De seu semelhante
É um sentimento de renuncia
Que leva a humildade,
Ao  amor e a caridade.

O amor á humanidade nos releva
A razão de ser através do próximo,
Onde só conseguimos existir
Se for sentindo e aliviando
Um pouco o sofrimentos
De nossos semelhantes.

A felicidade desses homens santos
Está no alívio das dores do mundo,
E nas virtudes da alma.
Eles não seriam felices
Nos confortos, individualismos...

Amam o amor sem medida
E se entregam.
Ser negligente com as dores do mundo,
Negar esse amor
É  apegar se  ao conforto,
A fama, ao luxo e a riqueza;
É  abandonar o amor
Que sentem pela humanidade.

José Nunes Pereira






Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMPARTILHAR