Pesquisar este blog

segunda-feira, 10 de junho de 2019

O MEU DIA...

O meu dia... 

Não  reserve nada para ti,
Não separe ou preserve por apego,
Coloque fogo em tudo,
Queime tudo...
Nada poderá sobreviver...
Tudo deve ser consumido...
Como no dia que cairá fogo do céu.

Conservei para mim um pecado,
Zelei de um vício,
Em segredo alimentei um diabo.
Tudo porque eu sobro
Nessa apatia do mundo...

Sei que é a hora da morte,
Não se pode conservar vivo
Um ramo em uma  árvore morta.

Não se pode conservar vivo
Um demônio que pertence a uma legião de demônios.

Será o meu dia...
Foi para esse dia que eu nasci,
Só pode ser para esse dia!
Porque até o momento
Eu para nada servi.

José Nunes Pereira 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMPARTILHAR