Pesquisar este blog

domingo, 25 de julho de 2021

Se fosse naquela noite

 Se fosse naquele dia, 

meu álibi seria 

que eu estava em casa aquela noite,

o vizinho da frente é testemunha,

ele acenou para mim através da vidraça,

Eu estava em casa morrendo

e vivendo vidas que existem apenas em minha cabeça. 


Se fosse hoje,

 meu álibi seria 

que eu passei a noite ao som de um Blues, 

o vizinho da frente pode confirmar.


Eu estava em casa todo aquela madrugada,

vivendo toda a verdade de ser eu,

nunca existi tão intensamente,

nunca fui tão consistente quanto naquela noite.


Naquela noite 

Aconteceu um crime de amor passional,

um crise de ciume,

mas eu estava em casa ouvindo um Blues...

eu estou tão revolvido em ser eu

que jamais me deixaria ser levado por uma crise de ciume.

Isso não prova nada!

Mas o vizinho da frente pode confirmar

a luz apagada, o som do blues, a luz do cigarro aceso, 

a silhueta  de um homem sentado  numa poltrona, 

O vizinho pode confirmar a minha silhueta 

 que se vê daquele lado da rua 

Nunes 



COMPARTILHAR